Cuidados com a pele no frio: entenda o que é certo e errado.

Tempo de leitura: 3 minutos

A mudança de estação entre outono e inverno faz as temperaturas baixarem bastante e deixa o clima ainda mais seco.

Nessas condições, é preciso dar mais atenção para as necessidades da nossa pele, garantindo que ela permaneça protegida e bem hidratada o tempo todo.

Mas, quando se trata dos cuidados com a pele no frio, você sabe o que é certo e o que é errado?

Confira este artigo e esclareça suas dúvidas agora mesmo!

Tomar banhos quentes e demorados – errado.

Quem é que não gosta de uma ducha bem quente ao final do dia, para dormir melhor?

Entretanto, por mais que seja relaxante, o banho quente é um grande erro quando se trata dos cuidados com a pele no frio.

O calor remove a camada hidrolipídica natural do nosso corpo. Feita basicamente de água e gordura, ele evita que a superfície da pele fique ressecada e propensa a rachaduras.

Da mesma maneira, é preciso evitar o uso da bucha e de sabonetes sem hidratante em sua composição, pois eles também causam o ressecamento da pele.

Usar hidratante corporal logo após sair do banho – certo.

Muitas pessoas já sabem que o melhor momento para usar o hidratante corporal é logo depois do banho. Nos dias mais frios, esse cuidado deve ser mantido.

O vapor do banheiro ajuda na penetração dos cremes ou óleos na pele, promovendo uma hidratação mais intensa, o que é excelente durante o outono e inverno.

Uma boa dica é reforçar a aplicação do hidrante nas áreas mais propensas ao ressecamento, como pés, mãos, cotovelos e joelhos.

Reduzir o uso do filtro solar – errado.

As temperaturas ficam mais baixas no outono-inverno, mas o sol não deixa de brilhar, não é mesmo?

Por isso, esquecer do filtro solar é um hábito bastante prejudicial em se tratando dos cuidados com a pele no frio.

A nossa pele continua exposta à radiação solar e aos seus efeitos sobre o processo de envelhecimento e a formação de manchas e rugas.

Além de manter o uso diário do filtro solar nos dias mais frios, é preciso adotar alguns cuidados especiais com a pele do rosto.

Reforçar os cuidados com o rosto – certo.

No frio, a pele do rosto precisa de cuidados reforçados. É preciso dar mais atenção ao processo diário de limpeza e hidratação, para manter a face bem hidratada e evitar danos.

Essa dica vale especialmente para quem tem pele oleosa, pois a tendência da pele nas baixas temperaturas é aumentar a produção de sebo, como forma de proteção.

Mas, quem tem pele seca também deve estar atenta, pois no frio o ressecamento é maior.

Independentemente do tipo de pele, os lábios costumam sofrer bastante nessa época do ano. Para evitar rachaduras, o ideal é apostar nos hidratantes labiais – use sem moderação!

Beber bastante água – certo.

Ao longo das nossas dicas de cuidados com a pele no frio, falamos bastante sobre a importância da hidratação. Sendo assim, nossa última orientação não poderia ser diferente.

É fundamental beber bastante água nos dias de temperatura mais baixa, pois é a hidratação do organismo como um todo que conservará a maciez e a elasticidade da pele.

Se você quiser aproveitar para espantar o frio, aposte nos chás. Além de hidratar e aquecer, alguns deles ajudam a combater a retenção de líquidos, como o chá verde e o de hibisco.

Você tem alguma dúvida sobre os cuidados com a pele no frio? Aproveite o espaço para comentários do nosso artigo e faça sua pergunta!

 

 

Sobre Clinica Eva

Clinica Eva

A Clínica EVA valoriza o cliente, prestando atendimento sempre de forma ética e transparente, identificando as suas reais necessidades e proporcionando a melhor experiência em alcançar beleza e bem estar. Trabalhamos com o que existe de melhor para tratamentos corporais, faciais e depilação a laser, com profissionais preparados e qualificados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *