Cravos e espinhas: o que são e como cuidar? Temos as respostas!

Tempo de leitura: 6 minutos

Durante e depois da adolescência, as alterações hormonais são responsáveis por diversas mudanças no corpo — a exemplo do aumento da oleosidade na pele e nos cabelos. E, a partir de então, os cravos e as espinhas podem se tornar um empecilho para a boa autoestima de qualquer um.

Geralmente, o problema começa a diminuir por volta dos 18 anos, mas há quem ainda sofra (e muito) com uma pele cheia de pontinhos ao longo de toda a fase adulta.

Neste post, você vai entender melhor o que são cravos e espinhas e aprender a se cuidar para manter a sua pele sempre protegida do excesso de oleosidade. Vamos lá?

O que são cravos e espinhas?

Tanto os cravos quanto as espinhas são uma reação da pele estimulada pela obstrução dos seus folículos. Esse bloqueio, normalmente, é causado pela produção excessiva de oleosidade pelas glândulas sebáceas, localizadas abaixo da epiderme.

Os cravos

Na verdade, todo mundo tem cravos, mas alguns só são visíveis quando a oleosidade presente na pele é muito grande.

O acúmulo de células mortas forma os cravos branquinhos ou sem cor, que não entram em contato com o ar. Por outro lado, se o folículo estiver aberto, a oleosidade da pele é exposta à poluição e à sujeira presente no ambiente, que oxida o cravo e o deixa com a aparência preta.

Muitas pessoas possuem uma concentração desses tipos de pontinhos escuros na região do nariz.

As espinhas

Quando os cravos sofrem a ação de uma bactéria que inflama o local, a pele fica com uma aparência inchada e, às vezes, purulenta. Está formada a espinha!

Se essa inflamação acontecer nas camadas mais profundas da pele, o resultado será o que chamamos de espinha interna.

Esses tipos de nódulos costumam ser dolorosos e levam mais tempo para serem removidos pelo próprio organismo.

A acne

A acne não é só uma espinha, mas uma colônia delas, que pode cobrir partes do corpo como as costas, os ombros e as bochechas.

Na verdade, a acne é encarada pelos dermatologistas como uma doença capaz de ocasionar cicatrizes difíceis de disfarçar se não for tratadas.

Contudo, existem vários produtos e tratamentos para resolver esse problema. Os casos mais graves necessitam de aconselhamento médico.

Quais são as causas mais comuns?

Não adianta de nada saber o que são cravos e espinhas sem entender quais são as suas principais causas. Muitos cientistas já constataram que existe uma predisposição genética que favorece o aumento da oleosidade epitelial, mas outros fatores também podem contribuir para essa reação. Saiba mais:

Alterações hormonais

A produção excessiva ou desequilibrada de hormônios androgênicos pode estimular a produção de sebo cutânea. É por isso que os adolescentes enfrentam tantos problemas com a oleosidade no rosto e no corpo.

Alimentação inadequada

Caso a sua alimentação seja rica em gordura e em açúcares, a pele tende a sofrer com a falta de vitaminas adequadas para a sua nutrição.

Uso de produtos inadequados

Hidratantes, protetores solares, maquiagem e cosméticos de textura densa ou gordurosa também podem bloquear os poros de forma semelhante ao que acontece com o entupimento causado pelo acúmulo de oleosidade na pele. Como você já sabe, é esse bloqueio que causa a formação de cravos e de espinhas.

Exposição excessiva ao sol

Os climas quentes podem ser inimigos de quem já tem predisposição para o aparecimento de cravos e de espinhas, pois a radiação UV pode acelerar a sua formação e o suor tende a deixar a pele ainda mais oleosa.

Como se cuidar e prevenir esse mal?

Você provavelmente já sabe que o aspecto da sua pele reflete o estado de sua saúde como um todo. Por isso, se não estiver saudável, provavelmente sua cútis também não terá uma aparência bonita.

A prática regular de exercícios físicos, bem como a adoção de uma alimentação mais natural e balanceada, auxiliam o equilíbrio hormonal e a produção de colágeno.

Além disso, alguns hábitos também podem lhe ajudar a garantir uma “pele de pêssego”, livre de cravos e de espinhas:

Usar produtos próprios para o seu tipo de pele

Conhecer o seu tipo de pele é essencial para saber quais produtos são mais adequados para a sua nutrição e para a prevenção de cravos e de espinhas.

Geralmente, as peles mais oleosas tendem a se adaptar melhor aos adstringentes e cosméticos em gel, enquanto as mistas e secas permitem o uso de hidratantes com óleo.

Fazer consultas regulares ao dermatologista

Não há nenhum profissional mais indicado para encontrar a melhor maneira de cuidar da sua pele.

O médico dermatologista é capaz de dar boas dicas de saúde, recomendar os produtos e tratamentos mais eficazes para o seu problema e não deixar que você perca nem tempo, nem dinheiro com alternativas que não valem a pena ou que possam prejudicar a sua pele.

Não abrir mão do filtro solar

Agora que você já conhece os perigos do sol para a sua pele, tenha em mente que o uso de um bom protetor solar deve ser um cuidado diário.

A melhor opção para o seu rosto pode ser recomendada por um dermatologista, mas atualmente muitos produtos dispõem da tecnologia oil control, que mantêm a oleosidade da sua pele na linha.

Higienizar a pele todos os dias

Limpar, tonificar e hidratar são 3 atos vitais e que devem ser adotados na sua rotina de beleza.

Lave o seu rosto com um sabonete antiacne (de preferência, à base de enxofre ou de ácido salicílico) e, se possível, realize limpezas de pele profissionais em uma clínica especializada pelo menos 1 vez por ano.

Tomar muita água

Manter a pele hidratada nem sempre é possível apenas com o uso de cremes. A ingestão de, pelo menos, 2 litros de água por dia é importante para a desintoxicação do organismo, que elimina as impurezas facilitadoras do aparecimento de cravos e de espinhas.

Além disso, a água hidrata o corpo de dentro para fora, equilibrando os hormônios e promovendo mais viço e brilho para a sua cútis.

Agora que você já sabe o que são cravos e espinhas, que tal conhecer melhor os tratamentos que podem te ajudar a combatê-las? Existem diversas opções próprias para complementar a sua rotina de beleza e manter a saúde da sua pele em alta.

Gostou deste post? Então não deixe de ler este texto sobre os cuidados com a pele do rosto!

Sobre Clinica Eva

Clinica Eva

A Clínica EVA valoriza o cliente, prestando atendimento sempre de forma ética e transparente, identificando as suas reais necessidades e proporcionando a melhor experiência em alcançar beleza e bem estar. Trabalhamos com o que existe de melhor para tratamentos corporais, faciais e depilação a laser, com profissionais preparados e qualificados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *