Conheça os principais tipos de depilação e escolha o melhor para você!

Tempo de leitura: 7 minutos

Manter o corpo sem pelos é uma das maiores dificuldades das pessoas, afinal, isso faz parte da própria fisiologia e é necessária a manutenção regular para que tudo fique de um modo satisfatório. Por conta disso, é importante saber os tipos de depilação existentes, pois há sempre um mais indicado para cada região ou necessidade.

A depilação não é só um procedimento estético: ela também é muito válida para a higiene e limpeza, além da hidratação. Afinal, um creme aplicado em uma pele lisa tem muito mais poder de penetração se comparado a uma parte que tenham esses “empecilhos”.

De lâmina descartável à depilação a laser – que é um dos procedimentos mais procurados por quem realmente quer ficar livre dos pelos para sempre – há opções para todos os gostos.

Confira alguns métodos disponíveis e tudo o que você precisa saber de cada um deles!

Depilação com lâminas descartáveis

Um dos mais tradicionais meios de remoção dos pelos, é fácil e rápido de fazer. Entretanto, sua durabilidade é pouca. Em muitos casos, no dia seguinte os fios já começam a apontar, variando de pessoa para pessoa, podendo chegar a um espaçamento de três dias.

Vale ressaltar que as lâminas não engrossam os pelos, embora muitos pensem que sim. Contudo, é contraindicada em regiões delicadas, como buço ou axila, já que o atrito pode causar irritabilidade e agredir esses pontos do corpo.

  • prós: é prática, de baixo custo, instantânea e não requer muita habilidade;
  • contras: pode encravar os pelos ou irritar a pele, tem curta duração e não é recomendado para locais sensíveis.

Valor médio: de R$ 3 a R$ 25.

Depilação com cera quente ou fria

Com o propósito de arrancar os fios desde a raiz, esse procedimento é considerado um dos mais dolorosos. Porém, isso varia muito, já que há pessoas com mais resistência e não enxergam problemas nesse tipo de depilação.

Seja a tradicional, de mel, aloe vera, maracujá, camomila (ou qual componente haja no produto para amenizar a dor), a cera é aplicada nos locais e adere à pele, para que ao ser puxada traga os pelos juntamente. Os fios devem ter o tamanho de ao menos 0,5 cm para que grudem no produto, caso contrário, será tempo desperdiçado. A duração deste método pode chegar a 20 dias.

Cera fria versus Cera quente

Há algumas diferenças entre elas, por isso é bom que tudo fique bem esclarecido. A do tipo quente é uma boa opção por dilatar os poros, o que facilita a remoção. Mas é necessário que a profissional saiba a temperatura ideal, pois há riscos de causar queimaduras. É importante se atentar para dois detalhes: faça a depilação com uma pessoa especializada no procedimento e verifique se tudo é descartável.

Já o tipo de depilação com cera fria não traz o perigo de agredir o local pelo calor, mas pode ser mais dolorida por ser feita de acordo com a temperatura ambiente. As depiladoras sabem os sentidos do crescimento dos fios e aplicam o produto da melhor maneira para aperfeiçoar o resultado. Mas assim como a quente, verifique a capacitação da depiladora e se todo o material utilizado é realmente novo.

Vale ressaltar que a pessoa deve evitar tomar sol um dia antes e um dia depois dessas duas técnicas, pois pode causar manchas no lugar depilado ou a sensibilidade fará com que o processo fique ainda mais dolorido.

Os profissionais também recomendam a utilização de cremes calmantes após o método, que ajudam bastante a diminuir o inchaço ou qualquer reação do corpo. A hidratação corporal também é fundamental, assim como esfoliar os locais depilados quando os pelos começarem a crescer, para evitar o encravamento e ajudar na próxima remoção.

  • prós: espaçamento de tempo médio entre uma sessão e outra (de 15 a 20 dias); procedimento rápido na aplicação; pode ser feita em todas as regiões (mesmo que a indicação seja para lugares com a pele firme); e afina os pelos com o decorrer do tempo;
  • contras: pode ser dolorosa; há o impedimento de se submeter ao sol antes e depois da depilação; além de causar vermelhidão ou aspecto de inchaço após o procedimento; e necessita esperar o pelo crescer.

Valor médio: varia de acordo com cada região, quantidades e estabelecimento, indo de R$ 20 a R$ 150.

Depilação com cremes

Os cremes depilatórios são outras maneiras de remoção dos fios sem grandes problemas, pois se trata de passar o produto nas áreas específicas, aguardar um tempo, e no chuveiro, juntamente aos movimentos circulares da esponja ou com uma espátula, retirar os pelos.

O tempo de espera varia de acordo com a marca, portanto, leia o manual de instruções antes, fazendo com que todo o processo resulte naquilo que você espera.

  • prós: fácil aplicação; não causa dor; e pode ser aplicado em qualquer região, desde que não entre em contato com mucosas, olhos e boca;
  • contras: pouca duração do resultado, já que o produto enfraquece somente a haste do pelo (não chega à raiz); pode causar alergia (por isso é importante fazer um teste antes da aplicação); e é proibida a exposição do local depilado à luz solar por até 24 horas após o processo, para evitar que os produtos químicos do produto causem alguma reação de queimadura, (mesmo que a área tenha sido bem lavada).

Valor médio: há diferença entre marcas e tamanhos do frasco, indo de R$ 14 a R$ 45.

Depilação a laser

Muito procurada para quem quer se livrar definitivamente das depilações, a depilação a laser é um método que é atraído pela melanina, ou seja, a cor dos fios, destruindo a estrutura geradora de novos pelos.

Cada pessoa tem uma estrutura, ou seja, somente o especialista será capaz de avaliar a quantidade de sessões necessárias, podendo aumentar de acordo com a resposta do corpo. Porém, de praxe são indicadas de 5 a 15 sessões.

Há casos em que a remoção chega a ser definitiva, em outros 90% dos pelos são eliminados, com os demais ficando mais finos. Por isso, tenha em mente que esse procedimento reagirá de acordo com o tipo de pelo que você tem, chegando ao limite daquilo que é possível dentro do seu perfil.

As sessões são feitas de 15 em 15 dias e é recomendada para pessoas com pele clara, já que nessa técnica de depilação o laser busca a melanina, tornando-se mais eficiente quando a cútis tem um tom diferente dos fios. Em pessoas com peles morenas ou escuras é necessária uma avaliação mais meticulosa, para que não haja problemas de queimaduras com o procedimento.

  • prós: praticamente acaba com a necessidade da depilação na região; e os resultados podem aparecer rapidamente.
  • contras: custa um pouco mais caro; a pessoa não pode tomar sol durante 15 dias antes e 15 dias depois do processo; e não é indolor (mas pode ser utilizado um anestésico para pessoas mais sensíveis).

Valor médio de cada sessão: varia de acordo com a região do corpo, indo de R$ 100 a R$ 400. Consulte sempre os valores dos pacotes de sessões, que costumam ser mais baratos.

Agora que você já conhece os tipos de depilação mais usados e quer saber mais sobre algum deles ou contar a sua experiência quanto ao assunto, deixe aqui o seu comentário!

Sobre Clinica Eva

Clinica Eva

A Clínica EVA valoriza o cliente, prestando atendimento sempre de forma ética e transparente, identificando as suas reais necessidades e proporcionando a melhor experiência em alcançar beleza e bem estar. Trabalhamos com o que existe de melhor para tratamentos corporais, faciais e depilação a laser, com profissionais preparados e qualificados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *